Logon
O que você está procurando?

Inteligência artificial entendendo os humanos

Afinal de contas, quem precisa se adequar a quem?

​​​​​Se tem coisa difícil nessa vida é entender os seres humanos! Agora imagine isso, para uma inteligência artificial.

Como você já deve saber, lançamos o Anima​, um produto de inteligência artificial que procura agregar conhecimentos para acelerar os processos corporativos. Através desta tecnologia recebemos uma informação e respondemos com "tudo o que sabemos sobre isso" dentro do universo do negócio do cliente.

Nossa tecnologia pode ser conectada a sistemas, o que já é um grande desafio. Contudo, um desafio ainda maior é adicionado quando nossos clientes nos pedem para responder as coisas diretamente para esses tais "seres humanos".

Nestes casos, adicionamos à nossa inteligência artificial um "motor de diálogos" que deve receber os "inputs humanos" e responder não com "tudo o que sei a respeito" mas com " a coisa mais relevante que sei a respeito". Mas, devo dizer, não é tarefa fácil.

Sob a ótica da inteligência artificial​, os humanos são problemáticos. Eles não tem lógica, não pedem as coisas na ordem certa, não falam sempre da mesma forma e são capazes de falar dez formas diferentes significando a mesma coisa.

Por isso, precisamos "treinar" bem nossa inteligência artificial para extrair de todo o "blá blá blá" da pessoa que "fala conosco" a sua verdadeira intenção. Numa visão simplista funciona assim: dentro do que o humano acaba de falar, deve haver ali escondido um desejo, uma intenção objetiva. Essa intenção pode ser apenas dar um "oi" ou "comprar uma pizza de muzzarela", não importa.

Para realizar isso, precisamos juntar uma capacidade de entendimento de linguagem humana, assentada em um mapeamento correto de intenções, unida a uma situação de contexto (onde estamos, sobre o que falamos). Com isso tudo bem feito, as chances de entender o que se quer é muito grande.

Mas como fazer isso tudo?

Bom, em nossa defesa costumamos dizer que você não precisa entender de inteligência artificial, nós precisamos. O que você precisa entender é a necessidade do seu negócio e, juntos, seremos capaz de construir uma solução com uso de inteligência artificial​ que dê resultados, de fato.

Luiz Vianna​ é CEO da Mult-Connect


Feito com muito pela Mult-Connect

Onde Estamos

Rua Teodoro Sampaio, 1765 - 2º andar

Pinheiros - São Paulo - SP - Cep: 05405-150

®2017 Mult-connect
Todos os Direitos Reservados